Palestinos em áreas rurais fazem o seu próprio combustível

Palestinos em áreas rurais fazem o seu próprio combustível

As famílias palestinas nas áreas rurais da Cisjordânia receberam um inovador sistema biotecnológico, tornando suas vidas mais fáceis e saudáveis.

 
HomeBiogas instalou sistemas para 40 famílias, principalmente na aldeia palestina de al-Awja, no Vale do Jordão, na Cisjordânia. Os sistemas foram instalados fora das casas das famílias, para que eles possam transformar os resíduos de alimentos e o esterco de gado em duas horas de gás de cozinha por dia.
 
Cooperação internacional
Cooperação internacional
 

A maioria das famílias nessas áreas vive sem energia elétrica, em barracas ou cabanas. Devido a isso, eles são obrigados a queimar madeira de árvores ou estrume de cabra para fazer fogo para cozinhar. Esta prática é árdua e perigosa: mais de quatro milhões de pessoas em todo o mundo morrem anualmente por causa dos gases tóxicos emitidos por fogueiras usadas para cozinhar.

 
“As crianças são 50% mais vulneráveis à fumaça nociva da queima de madeira. É por isso que que procuramos ajudar as famílias de regiões rurais o máximo possível”, diz Yair Teller, um dos fundadores e cientista diretor do HomeBiogas.
Poluição do ar doméstica
Poluição do ar doméstica
 

O sistema funciona usando um processo natural chamado digestão anaeróbica. A bactéria no tanque digestor decompõe a matéria, criando dois subprodutos: o biogás de cozinha e um potente fertilizante líquido. O sistema dá às famílias esses dois recursos, além de proporcionar uma solução fácil para o tratamento dos resíduos alimentares e esterco animal.

O projeto foi apoiado pelo Ministério da Proteção Ambiental de Israel e pelo Centro Peres para a Paz, criado pelo ex-presidente israelense Shimon Peres. A União Europeia também contribuiu com meio milhão de euros para financiar este projeto humanitário.

 
Palestinos usando Homebiogas
 

Esforços de cooperação internacional

Além de proporcionar melhores condições de saúde e ajudar o meio ambiente, este projeto visa facilitar a parceria e a cooperação entre países. Ele incentiva a confiança entre estudantes, profissionais e cidadãos palestinos e israelenses. O ato de trazer a tecnologia limpa israelense para os palestinos diminui as diferenças e envolve esforços mútuos para aumentar o desenvolvimento socioeconômico das comunidades rurais.

 

742